De pé posto pelos trilhos do Portugal profundo ...
O Que é o GPS?
  GPS (Global Positivo System)  é um sistema de rádio navegação baseado em satélites desenvolvido e controlado pelo departamento de defesa dos Estados Unidos da América  que permite a qualquer utilizador saber a sua localização, velocidade e tempo, 24 horas por dia, sob quaisquer condições atmosféricas e em qualquer ponto do globo terrestre.
  O GPS tem três componentes: a espacial, a de controlo e a do utilizador.
  A componente espacial é constituída por uma constelação de 24 satélites em órbita terrestre aproximadamente a 20200 km com um período de 12h siderais e distribuídos por 6 planos orbitais concebidos por forma a que existam no mínimo 4 satélites visíveis acima do horizonte em qualquer ponto da superfície e em qualquer altura.
  A componente de controle é constituída por 5 estações de rastreio distribuídas ao longo do globo e uma estação de controlo principal. Esta componente rastreia os satélites, actualiza as suas posições orbitais e calibra e sincroniza os seus relógios. Outra função importante é determinar as órbitas de cada satélite e prever a sua trajectória nas 24h seguintes. Esta informação é enviada para cada satélite para depois ser transmitida por este, informando o receptor do local onde é possível encontrar o satélite.
  A componente do utilizador inclui todos aqueles que usam um receptor GPS para receber e converter o sinal GPS em posição, velocidade e tempo. Inclui ainda todos elementos necessários neste processo como as antenas e software de processamento
Como Funciona?
Os fundamentos básicos do GPS baseiam-se na determinação da distância entre um ponto, o receptor, a outros de referência, os satélites. Sabendo a distância que nos separa de 3 pontos podemos determinar a nossa posição relativa a esses mesmos 3 pontos através da intersecção de 3 circunferências cujos raios são as distancias medidas entre o receptor e os satélites. Na realidade são necessários no mínimo 4 satélites para determinar a nossa posição correctamente..
  Cada satélite transmite um sinal que é recebido pelo receptor, este por sua vez mede o tempo que os sinais demoram a chegar até ele. Multiplicando o tempo medido pela velocidade do sinal (a velocidade da luz), obtemos a distância receptor-satélite, (Distancia Velocidade x Tempo).
  A distância pode ser determinada através dos códigos modulados na onda enviada pelo satélite (códigos C/A e P), como o código P está intencionalmente reservado para os utilizadores autorizados pelo governo norte americano, (forças militares norte americanas e aliados) os utilizadores “civis” só podem determinar a distancia através da sintonia do código C/A. O que normalmente não é tão preciso , variando com as condições do terreno e local onde se encontra o receptor.
Software que recomendamos
                        ORUXMAP é a solução por excelência para quem tem um Smartfone. App totalmente gratuita que serve na perfeição, possuindo as funções necessárias ao adequado planeamento e bem como funcionamento perfeito no terrena em qualquer caminhada. Numa só palavra EXCELENTE.
E ainda ...
                                      Google Earth é uma extraordinária ferramenta para o planeamento de qualquer caminhada
                          OziExplorer é um excelente      programa usado para o tratamento de mapas ,desenho de trilhos e rotas . Possui interface que o liga a principais marcas de GPS's (Garmin,Magellan, etc.). Possui uma versão para PDA .Pode testar uma versão grátis.
                            CompeGPS é um outro excelente programa para ser usado no planeamento de rotas, tracks e waypoints. Tem a capacidade de georefenciar mapas e tem a possibilidade de comunicar com a grande maioria dos aparelhos GPS à venda no mercado, incluindo PDA's. Recomendado, pela sua qualidade e simplicidade no uso.
                                     O Google maps excelente  complemento da ferramenta anterior.
© naturezas,com 2003 2016 Todos os direitos reservados